Talibãs prometem a Trump 'derrota vergonhosa' se não abandonar Afeganistão

Cabul, 22 Jan 2017 (AFP) - Os talibãs advertiram neste domingo em uma mensagem ao presidente americano, Donald Trump, que seu país deve abandonar o Afeganistão, sob o risco de sofrer "uma derrota historicamente vergonhosa".

Em um comunicado em inglês publicado no site dos insurgentes e na rede social Twitter, a mensagem apresenta Trump como "um enigma para os americanos e para bilhões de pessoas na Terra", informa o site especializado Site Intelligence.

Afirma esperar que "o multimilionário branco" que sucede "Obama de pele escura" "não siga os passos errôneos de seu antecessor".

"Mas, se insistir na via traçada pelos (presidentes) Bush e Obama e prosseguir com a ocupação ilegal de nosso país (...) pode esperar uma ruína e uma derrota historicamente vergonhosa", indica o autor da mensagem.

O exército americano, que interveio no Afeganistão em outubro de 2001, pouco depois dos ataques de 11 de setembro daquele ano, para expulsar o regime dos talibãs, mantém neste país 8.400 homens, mobilizados sob a bandeira da Otan.

O ex-presidente Barack Obama havia prometido ao ser eleito abandonar o Afeganistão. Mas diante da multiplicação de ofensivas dos talibãs, que afetam agora todas as províncias afegãs, decidiu manter este contingente, em vez dos mil homens inicialmente previstos.

Trump ainda não se manifestou de forma oficial sobre suas intenções a respeito da presença americana no Afeganistão.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos