Até deixar UE, Londres pode 'falar' de acordos comerciais, mas não negociar

Bruxelas, 23 Jan 2017 (AFP) - Até deixar a União Europeia, o Reino Unido pode "falar" com outros países sobre eventuais acordos comerciais, mas não negociar, lembrou nesta segunda-feira um porta-voz da Comissão Europeia, instituição encarregada das negociações comerciais em nome dos 28.

"Não há nada nos tratados que proíba [a um país do bloco] falar de comércio", explicou Margaritis Schinas, na coletiva de imprensa diária do executivo comunitário.

"Isso quer dizer que, claro, pode falar ou debater, mas só pode negociar um acordo comercial após abandonar a UE", ressaltou.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, prevê reunir-se na sexta-feira com o presidente americano, Donald Trump, que já se mostrou partidário de concluir um acordo comercial com Reino Unido "rapidamente".

bur-tjc//mb/cc/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos