Cinco soldados egípcios morrem em ataque no Sinai

Cairo, 23 Jan 2017 (AFP) - Cinco soldados egípcios morreram na península do Sinai (leste) no domingo em um ataque de "elementos fundamentalistas", indicou nesta segunda-feira o exército em um comunicado.

O exército indicou que "as Forças Armadas lamentam com tristeza e dor cinco mártires mortos no Sinai nas mãos de elementos fundamentalistas desleais, inimigos da nação e da religião".

Não foi divulgado nenhum outro detalhe sobre o ataque, que não foi reivindicado.

No passado foram registrados muitos ataques contra o exército e a polícia em Al Arish, capital do governo do Sinai do Norte, e seus arredores, regularmente reivindicados pela Província do Sinai, braço egípcio do grupo extremista Estado Islâmico.

Centenas de policiais e soldados morreram nestes ataques, segundo o governo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos