Dezenas de tubarões buscam as águas quentes da costa de Israel

Hadera, Israel, 24 Jan 2017 (AFP) - As autoridades proibiram o público, nesta segunda-feira (23), de se aproximar das dezenas de tubarões que nadam nas quentes águas do Mediterrâneo perto de uma central elétrica na costa norte de Israel.

A central elétrica de Hadera utiliza água do mar para esfriar suas turbinas. A água que é expulsa em seguida sai aquecida, o que atrai tubarões-cinza e tubarão-areia. Alguns podem medir até dez metros de comprimento.

Essa numerosa presença de tubarões chamou a atenção de muitos mergulhadores, que gostariam de nadar no meio desses animais e tirar fotos.

Hoje, por questões de segurança e contra depredadores, o órgão israelense responsável pelos parques naturais e a Associação Israelense de Mergulhadores proibiram que se aproxime dos tubarões.

Segundo ambas as instituições, são espécies protegidas que não podem ser nem pescadas, nem alimentadas, nem perseguidas.

O número de tubarões que se encontram nas águas quentes da costa mediterrânea de Israel aumentou de forma regular nesses últimos anos, embora a população esteja diminuindo nessa região, disse a ecologista marinha Ruth Yahel, que trabalha no órgão que cuida dos parques naturais.

"Não sabemos explicar porque esses tubarões vêm para essas águas quentes", disse ela à AFP.

"Sabemos apenas que eles gostam, entram na corrente e giram como em uma dança. Talvez façam isso porque se divertem", acrescentou.

Nenhum ataque de tubarão contra seres humanos foi registrado em Israel há décadas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos