Espanhol Fernando Ocáriz é o novo prelado da Opus Dei

Roma, 24 Jan 2017 (AFP) - O sacerdote e teólogo Fernando Ocáriz Braña, nascido em uma família espanhola em Paris, foi escolhido como o quarto prelado da história da Opus Dei, uma organização conservadora católica controvertida, mas plenamente reconhecida pelo Vaticano.

Foi precisamente o papa Francisco que nomeou oficialmente Fernando Ocáriz Braña, de 72 anos, para o posto, confirmando a escolha realizada na segunda-feira pelo congresso eletivo da Opus Dei, anunciou a organização em um comunicado.

Ocáriz, que desde 1994 era vigário-geral da Opus Dei e, em 2014, foi nomeado vigário auxiliar da prelatura, ou seja, o número dois da organização, foi eleito em Roma durante um congresso que reuniu 156 sacerdotes e laicos masculinos.

"Nos próximos dias, o novo prelado vai propor aos congressistas os nomes de seus vigários, assim como o dos demais membros dos conselho que o assistirão durante os próximos oito anos", afirma o comunicado.

A Opus Dei ("Obra de Deus" em latim) foi fundado em 1928, na Espanha, por um jovem sacerdote conservador, Josemaría Escrivá de Balaguer (1902-1975), convicto de que a santidade pode ser alcançada dia a dia, especialmente através do trabalho.

Presente hoje em muitos países do mundo, especialmente na Europa e América Latina, a organização conta com 92.600 membros, segundo suas cifras, laicos em sua imensa maioria (apenas 2.083 são sacerdotes)

Todos praticam sua fé de maneira muito rígida e 18% deles respeitam o celibato, apesar de serem seculares. Mais da metade de seus membros (57%) são de mulheres.

É conhecida por sua oposição ferrenha a questões como aborto, eutanásia, contracepção ou relações pré-matrimoniais.

- Opção de continuidade -O mais jovem de oito irmãos de uma família espanhola exilada na França devido à Guerra Civil (1936-1939), o novo prelado nasceu em 27 de outubro de 1944 em Paris.

Licenciou-se em Ciências Físicas pela Universidade de Barcelona e em Teologia pela Universidade Pontifícia Lateranense de Roma, antes de doutorar-se em Teologia na Universidade de Navarra, em 1971, o mesmo ano em que foi ordenado sacerdote.

"Em seus primeiros anos como presbítero, dedicou-se especialmente à pastoral juvenil e universitária", explicou a Opus Dei.

Ocáriz está envolvido em várias instâncias do Vaticano: desde 1986 é consultor da Congregação para a Doutrina da Fé, assim como da Congregação do Clero desde 2003 e do Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização desde 2011.

Ocáriz foi nomeado depois que o terceiro prelado da organização, o espanhol Javier Echevarría, morreu em 12 de dezembro, em Roma, aos 84 anos. Echevarria foi eleito em 1994 para suceder Álvaro del Portillo, que, por sua vez, sucedeu o próprio Escrivá de Balaguer.

Com sua eleição, a Opus Dei optou pela continuidade, dado que Ocáriz conheceu pessoalmente o fundador da organização, com quem conviveu em um alojamento em Roma quando era estudante de Teologia nos anos 1960.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos