Candidatos socialistas à presidência francesa se enfrentam em debate

Paris, 25 Jan 2017 (AFP) - Os dois finalistas da primária socialista francesa, Manuel Valls e Benoît Hamon, se enfrentam nesta quarta-feira em um debate televisado que se anuncia muito tenso, reflexo da divisão da esquerda a três meses de uma eleição presidencial dominada pela direita e a extrema-direita.

Seja for o resultado da primária socialista, o vencedor chegará no fim do pelotão ao primeiro turno da eleição presidencial, longe da candidata da extrema-direita, Marine Le Pen, do conservador François Fillon, do centrista liberal Emmanuel Macron, e, inclusivo, do esquerdista radical Jean-Luc Mélenchon, segundo pesquisas recentes.

Nesta primária, o ex-primeiro-ministro Manuel Valls, que encarna a ala direita do Partido Socialista (PS), parte em clara desvantagem ante seu antigo ministro da Educação.

Hamon, procedente da ala esquerda do PS, e muito crítico com a política liberal aplicada por Valls, ganhou no domingo passado o primeiro turno, com uma vantagem de cinco pontos (36% a 31%) sobre o ex-chefe de governo.

No entanto, todas as pesquisas de opinião garantem que qualquer um dos candidatos socialistas será eliminado no primeiro turno das eleições presidenciais de abril.

As pesquisas apontam uma disputa entre o ex-primeiro-ministro conservador François Fillon, a líder da extrema direita Marine Le Pen e o ex-ministro da Economia Emmanuel Macron.

Um duelo Fillon-Le Pen em maio no segundo turno parece por enquanto o cenário mais provável.

Os candidatos aguardam o veredito das urnas, após uma campanha relâmpago de menos de dois meses em que tentaram mobilizar uma esquerda desiludida e rachada com o governo de François Hollande, o presidente mais impopular das últimas décadas.

Manuel Valls, de 54 anos, disse estar "sereno" e "tranquilo" após votar. Apontado como favorito em dezembro, sua campanha não conseguiu decolar, mas aposta em sua experiência para vencer os concorrentes.

Considerado a revelação da campanha, Hamon, de 49 anos, disse estar "convencido que sua hora chegou".

Sua proposta de criar uma renda básica universal de 750 euros por mês para todos os franceses é um dos principais temas da sua campanha.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos