Justiça checa prende homem detido na Tailândia por transmitir HIV

Praga, 25 Jan 2017 (AFP) - A Justiça da República Checa anunciou na quarta-feira a prisão de um checo detido recentemente na Tailândia após ter transmitido em seu país o vírus da Aids a várias pessoas, entre elas um menor de 13 anos.

O indivíduo, de 49 anos, foi identificado pela imprensa como Zdenek Pfeifer, e é acusado de oito crimes, entre eles ferimentos graves voluntários e propagação de doença contagiosa, segundo o representante da promotoria, Vladimir Jan.

Pfeifer foi colocado em prisão temporária em Usti-nad-Labem (noroeste) na quarta-feira, após ter sido transferido por avião da Tailândia, com uma escolta de cinco policiais checos.

Ele "pode ser condenado a entre cinco e 12 anos de prisão", declarou Jan, citado pela agência CTK.

"A data do início do seu processo ainda não foi estabelecida", informou à AFP a porta-voz do tribunal regional de Usti-nad-Labem, Marcela Trejbalova.

Segundo a polícia checa, o homem estava ciente da sua infeção pelo vírus HIV desde setembro de 2013.

Pfeifer manteve relações sexuais com ao menos 23 personas em todo o país sem informá-las do seu estado de saúde, e transmitiu o vírus a ao menos três delas, incluindo um menino de 13 anos.

A polícia estima que o número de vítimas pode ser maior.

Zdenek Pfeifer entrou na Tailândia em junho de 2015. Depois da expiração do seu visto de turista, viveu no país ilegalmente por um ano e meio.

Foi detido na zona turística de Phuket, no sul do país, poucos dias depois da publicação de artigos de imprensa que alertavam sobre sua presença na Tailândia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos