Representante democrata se reuniu com Assad na Síria

Washington, 26 Jan 2017 (AFP) - A representante democrata Tulsi Gabbard se reuniu recentemente com o presidente Bachar al-Assad, durante uma viagem secreta à Síria, como parte de seu esforço para acabar com um conflito interno que já dura oito anos.

Tulsi Gabbard, que representa o Havaí na Câmara de Representantes, revelou nesta quarta-feira que viajou neste mês a Damasco e à cidade devastada de Aleppo em uma missão que incluiu encontros com refugiados, líderes opositores sírios e familiares de combatentes dos dois lados, além da reunião com Assad.

"Originalmente não tinha a intenção de me encontrar com Assad, mas quando surgiu a oportunidade, me pareceu importante aproveitá-la", revelou Gabbard.

"Acredito que devemos estar preparados para nos encontrar com qualquer um que nos permita uma possibilidade de ajudar para acabar com esta guerra, que tanto sofrimento está causando ao povo sírio".

"Além do que se pense sobre o presidente Assad, o fato é que ele preside a Síria. Para que exista uma possibilidade de acordo de paz viável, é preciso conversar com ele".

Gabbard, 35 anos, foi membro da Guarda Nacional do Havaí e serviu no Iraque em 2004.

A representante democrata, que se reuniu com Donald Trump após sua eleição para discutir a crise síria, faz parte do grupo de legisladores que se definem contra uma política de mudança do regime em Damasco, e defende o fim da ajuda militar aos rebeldes que lutam contra Assad e têm vínculos com grupos jihadistas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos