Theresa May adverte EUA sobre Putin

Filadélfia, Estados Unidos, 27 Jan 2017 (AFP) - A primeira-ministra britânica, Theresa May, advertiu nesta quinta-feira os Estados Unidos para que tenham cuidado com o líder russo, Vladimir Putin, de quem o presidente americano, Donald Trump, pretende se aproximar.

"Quando falamos de Rússia, é sábio tomar o exemplo do presidente (Ronald) Reagan que, durante as negociações com seu homólogo russo, Mikhail Gorbachov, tinha o costume de seguir o refrão: 'confie, mas verifique'. Com o presidente Putin, o meu conselho é: cooperem, mas tenham cuidado", declarou May.

A chefe de governo britânico discursou para membros do Partido Republicano reunidos na Filadelfia.

May destacou a importância das instituições internacionais, como as Nações Unidas e a Otan, criticadas por Trump em várias oportunidades.

"As Nações Unidas precisam ser reformadas, mas ainda são vitais", em particular na luta contra o terrorismo e a mudança climática, afirmou May, que também defendeu o papel do Banco Mundial, do Fundo Monetário Internacional e da Otan, "pedra angular da defesa do Ocidente".

May, que chegou ao poder após os britânicos votarem pela saída da União Europeia (Brexit), será nesta sexta-feira a primeira dirigente estrangeira a ser recebida por Trump como presidente dos EUA.

ar-are/elc/lr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos