Trump diz para Peña Nieto cancelar visita aos EUA se não pagar pelo muro

Washington, 26 Jan 2017 (AFP) - O presidente americano, Donald Trump, aumentou ainda mais a tensão com o México nesta quinta-feira, quando aconselhou o presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, a cancelar sua visita a Washington caso não pretenda pagar pelo muro que será construído na fronteira entre os dois países.

"Se o México não quiser pagar o muro tão necessário, melhor que cancele sua próxima visita", afirmou o presidente americano no Twitter, referindo-se ao encontro previsto para a próxima terça-feira.

Trump disse que os Estados Unidos têm um déficit comercial com o México da ordem de 60 bilhões de dólares.

"Foi um acordo de apenas um lado desde o início do Tratado de Livre Comércio da América do Norte, com enorme número de empregos e empresas perdidas", disse Trump.

O presidente americano assinou na quarta-feira dois decretos sobre fortalecimento da vigilância migratória, sendo que o primeiro deles determina o início "imediato" dos passos necessários para construir um "muro físico" na fronteira.

Em declarações à rede de TV ABC News, Trump insistiu que o México pagará pela gigantesca obra, cujo custo pode alcançar até 50 bilhões de dólares, segundo diversas fontes.

O presidente Peña Nieto afirmou na véspera, em uma mensagem à nação, que seu país não pagará pelo muro, enquanto vários partidos políticos mexicanos o pressionavam para que cancele a visita a Washington.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos