Eike Batista incluído na lista vermelha da Interpol

Rio de Janeiro, 27 Jan 2017 (AFP) - O empresário Eike Batista foi incluído na lista vermelha da Interpol e é considerado um fugitivo, depois que a polícia tentou prendê-lo sem resultados.

"Seu nome já consta na lista vermelha de prisão da Interpol", informou à AFP uma fonte da Polícia Federal.

A PF executou uma operação na quinta-feira para cumprir um mandado de busca e apreensão na residência de Eike Batista, no Rio de Janeiro, mas não conseguiu detê-lo, porque o empresário suspeito de lavar milhões de dólares partiu para Nova York.

A Operação Eficiência é um desdobramento da Lava Jato, que investiga o pagamento de propinas por grandes empresas a partidos políticos para conseguir contratos.

O Ministério Público emitiu nove mandados de prisão, seis deles contra pessoas que já estão detidas por causas relacionadas, tais como o ex-governador do Rio Sérgio Cabral (2007-2014) e dois de seus assistentes.

Entre as pessoas cujo mandado de prisão foi cumprido está Flávio Godinho, braço-direito de Eike na empresa EBX, hoje vice-presidente de futebol do Flamengo.

Segundo o Ministério Público, Eike Batista é suspeito de pagar propinas no valor de 16,5 milhões de dólares em 2010 a Sérgio Cabral por meio de uma operação que fictícia de compra e venda de uma mina de ouro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos