Londres respeitará regras da UE sobre acordos comerciais até o Brexit

Bruxelas, 27 Jan 2017 (AFP) - O Reino Unido respeitará as regras da União Europeia enquanto permanecer como membro, como a de não negociar acordos comerciais bilaterais, afirmou o ministro britânico das Finanças, antes de completar que o país deseja reforçar laços comerciais com os sócios em todo o mundo.

"Com certeza, queremos reforçar nossos laços comerciais com muitos sócios comerciais ao redor do mundo, mas somos plenamente conscientes de nossas obrigações europeias e as respeitaremos", afirmou Philip Hammond antes de uma reunião de ministros das Finanças europeus em Bruxelas.

As declarações de Hammond foram feitas poucas horas antes de uma reunião entre a primeira-ministra britânica, Theresa May, e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que expressou, dias antes de assumir o cargo, o desejo de alcançar "rapidamente" um acordo comercial com o Reino Unido.

Bruxelas, no entanto, já advertiu Londres que, enquanto permanecer membro do bloco, só pode "falar" sobre, mas não "negociar" tratados de livre comércio com outros países como Estados Unidos, uma competência exclusiva do Executivo comunitário, como recordou na quarta-feira o negociador europeu para o Brexit, Michel Barnier.

O Reino Unido, que pretende comunicar oficialmente até o fim de março a intenção de sair da UE, o que iniciará até dois anos de negociações, já começou conversas bilaterais sobre futuros acordos comerciais com Índia, Austrália e Nova Zelândia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos