Premiê israelense é novamente interrogado pela polícia

Jerusalém, 27 Jan 2017 (AFP) - A polícia israelense interrogou o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu novamente nesta sexta-feira (27) durante várias horas por supostos atos de corrupção, segundo informações da mídia.

É a terceira vez que Netanyahu responde àsperguntas de agentes de uma unidade especializada em corrupção.

A polícia, como em ocasiões anteriores, não confirmou essas informações.

Netanyahu está sendo investigado desde o fim de 2016 por dois casos: em um deles, por presentes luxuosos provenientes de ricos empresários e supostamente recebidos por ele e sua família, e também por tentar negociar uma cobertura midiática mais favorável a seu respeito com o dono do jornal nacional de maior importância. O primeiro ministro negou qualquer tipo de fraude.

Netanyahu defendeu-se na quarta-feira (25) de forma veemente diante do parlamento. "Não cometi nenhum delito" disse, assegurando que as acusações são "uma brincadeira pesada".

Com 67 anos de idade, Netanyahu é chefe de governo desde 2009, após um primeiro mandato entre 1996 e 1999.

scw-lal/vl/jz/me/bn/cn

THYSSENKRUPP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos