França e Alemanha preocupados com as decisões de Trump

Paris, 28 Jan 2017 (AFP) - As decisões do presidente americano Donald Trump, incluindo as restrições à entrada de refugiados nos Estados Unidos, "preocupa" França e Alemanha, afirmou neste sábado o chanceler francês Jean-Marc Ayrault após uma reunião com seu colega alemão, Sigmar Gabriel, em Paris.

"Acolher refugiados que fogem da guerra é parte de nosso dever. Devemos nos organizar para fazer isto de maneira equitativa, justa, solidária", disse Ayrault.

Ao ser questionado especificamente sobre as restrições draconianas decretadas na sexta-feira por Trump sobre a imigração e a entrada de refugiados, Ayrault afirmou, ao lado do colega alemão, que "esta decisão pode apenas nos preocupar".

"Mas há muitos outros temas que nos preocupam", acrescentou.

"Vamos entrar em contato com nosso colega (americano) Rex Tillerson quando for nomeado para discutir ponto por ponto e ter uma relação clara", disse Ayrault, antes de informar que pretende convidar o futuro secretário de Estado americano a visitar Paris.

O nome de Tillerson como secretário de Estado ainda não foi confirmado pelo Senado americano.

"Precisamos de clareza, coerência e, se necessário, firmeza para defender nossas convicções, nossos valores, nossa visão de mundo, nossos interesses, franceses, alemães e europeus", disse.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos