Theresa May: Turquia deve respeitar Estado de direito e respeitar direitos humanos

Ancara, 28 Jan 2017 (AFP) - A Turquia deve manter o Estado de direito e respeitar os direitos humanos, afirmou neste sábado a primeira-ministra britânica Theresa May em Ancara, onde se reuniu com o presidente turco Recep Erdogan.

May disse estar "orgulhosa" por ter permanecido ao lado de Turquia durante a tentativa de golpe de 15 de julho.

"Agora é importante que a Turquia apoie sua democracia mantendo o Estado de direito e respeitando suas obrigações internacionais em matéria de direitos humanos, como o governo se comprometeu a fazer", declarou após o encontro com Erdogan.

May afirmou que a Turquia é um dos "mais antigos amigos do Reino Unido", com uma referência às relações entre o Império Otomano e a Inglaterra durante o reinado de Elizabeth I no século XVI.

Ao mesmo tempo, Ancara e Londres chegaram a um acordo para criar um grupo de trabalho com o objetivo de estimular o comércio bilateral assim que a Grã-Bretanha deixar a União Europeia.

"Concordamos que teremos um grupo de trabalho comum para preparar nossos intercâmbios comerciais pós-Brexit", disse May.

Erdogan reafirmou que sua meta é aumentar em um terço o comércio bilateral, passando de 15,6 a 20 bilhões de dólares por ano.

May e Erdogan também falaram sobre a luta contra o extremismo na Síria e a questão da reunificação do Chipre.

Um comunicado conjunto também informou sobre um acordo de cooperação para desenvolver um caça.

ar-lsb/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos