Justiça francesa indicia suspeito chave de atentados de Paris

Paris, 30 Jan 2017 (AFP) - A justiça francesa indiciou nesta segunda-feira Mohamed Abrini, suspeito chave dos atentados de Paris e Bruxelas, por seu suposto envolvimento nos atentados lançados na capital francesa em 13 de novembro de 2015, anunciaram seus advogados em um comunicado.

Abrini, que havia sido detido em abril na Bélgica, foi cedido nesta segunda-feira pelas autoridades deste país à França, por um dia, para seu indiciamento.

Os investigadores consideram que este belga de 32 anos de origem marroquina ajudou os autores dos atentados de Paris (130 mortos).

Abrini, conhecido como "o homem do chapéu", também é um dos suspeitos chave na investigação do duplo atentado de 22 de março em Bruxelas (32 mortos).

A mesma célula lançou os dois ataques, que foram reivindicados pela organização extremista Estado Islâmico.

nal-arb/meb/acc/ma

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos