México recebe com espanto ideia de que traficantes paguem muro de Trump

México, 30 Jan 2017 (AFP) - A proposta de que o muro fronteiriço que o presidente americano, Donald Trump, pretende construir seja pago por narcotraficantes foi recebida no México com espanto por parte da imprensa e como um "avanço positivo" pela Chancelaria.

Em declarações à rede CBS no domingo (29), o chefe de gabinete da Casa Branca, Reince Priebus, disse que uma das opções que estão sendo analisadas para o financiamento do muro é que "poderiam ser os cartéis" de drogas mexicanos.

"É um avanço indubitavelmente positivo que estejam falando de alguém que não o México. Os narcos não são o México", disse o ministro mexicano das Relações Exteriores, Luis Videgaray, à rede Televisa.

"Boa parte do crime organizado ocorre nos Estados Unidos", de modo que "sua renda é gerada" do outro lado da fronteira, acrescentou.

A proposta de Priebus foi noticiada com destaque na imprensa mexicana, em meio a sinais de admiração e com um tom de incredulidade e de zombaria.

A ideia de que os traficantes de drogas paguem pelo muro é "pouco convencional", afirmou o jornal Reforma, enquanto a manchete do diário Excélsior ironizava: "Agora querem que traficante pague muro".

Priebus não se aprofundou em como o governo pretende exigir que os cartéis paguem pelo muro, o qual Trump insiste que seja financiado pelo México. A promessa de campanha do republicano gerou uma crise entre os dois países e levou o presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, a cancelar a reunião que teria nesta terça-feira (31) em Washington com seu homólogo americano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos