Netanyahu denuncia mídia após tuíte sobre Trump criticado pelo México

Jerusalém, 30 Jan 2017 (AFP) - O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, se defendeu nesta segunda-feira de ter ofendido os mexicanos ao defender a ideia de Donald Trump de construir um muro na fronteira e acusou a mídia de lançar uma campanha contra ele.

Netanyahu causou indignação no México ao se mostrar a favor no sábado do projeto de Trump de construir um muro na fronteira mexicana.

"O presidente Trump tem razão. Construí um muro ao longo da fronteira sul de Israel (com o Egito). Isso reduziu a imigração ilegal. Grande sucesso. Ideia formidável", tuitou Netanyahu.

O ministério mexicano das Relações Exteriores expressou neste domingo sua "rejeição a essa declaração", e acrescentou que esperava "um esclarecimento, uma retificação". "Acho que uma desculpa seria algo apropriado neste caso", disse.

Netanyahu afirmou nesta segunda-feira que apenas respondeu Trump, que havia mencionado como exemplo o muro israelense com o Egito.

"Agora (a mídia) me diz: 'Você ofendeu o México, arruinou as relações com eles", mas "quem falou de México aqui? Temos boas relações com eles e isso vai continuar", declarou em Jerusalém em uma reunião de seu partido.

"A mídia de esquerda lançou uma campanha bolchevique de caça, de lavagem cerebral e de calúnia contra mim e minha família", afirmou o primeiro-ministro.

Netanyahu, que dirige o governo mais conservador da história de Israel, faz uma violenta campanha contra a mídia.

jod-lal/iw/es/eg/cc

TWITTER

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos