Parlamento do Iraque pede reciprocidade a medidas anti-imigratórias de Trump

Bagdá, 30 Jan 2017 (AFP) - O Parlamento iraquiano aprovou nesta segunda-feira uma resolução pedindo ao governo que adote medidas de reciprocidade em relação ao decreto anti-imigração assinado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

O parlamento pediu que o governo iraquiano "responda de forma recíproca à decisão americana caso os Estados Unidos não voltem atrás nessa decisão", informou um porta-voz do parlamento.

"O Parliamento votou por maioria para que o governo e a chancelaria respondam de forma recíproca", afirmou, por sua vez, o premiê Hakim al-Zamili.

O decreto assinado por Trump na sexta-feira proíbe a entrada nos Estados Unidos durante três meses de cidadãos de Iraque, Irã, Líbia, Somália, Sudão, Síria e Iêmen para lutar contra "os terroristas islamitas radicais".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos