Trump quer evitar atentados como os de Paris, Bruxelas e Berlim

Washington, 30 Jan 2017 (AFP) - Donald Trump quer estabelecer uma política de imigração para evitar nos Estados Unidos atentados como registrados na França, Alemanha e Bélgica nos últimos dois anos, afirmou no domingo uma fonte do governo americano.

O presidente dos Estados Unidos provocou indignação em seu país e no exterior ao assinar na sexta-feira um decreto que bloqueia a entrada de refugiados por 120 dias e de cidadãos de sete países de maioria muçulmana por 90 dias.

O período será utilizado para estabelecer um sistema de supervisão extremamente minucioso dos candidatos a entrar nos Estados Unidos.

"As situações que existem hoje em certas partes da França, em certas partes da Alemanha, na Bélgica, são situações que não desejamos ver reproduzidas nos Estados Unidos: uma ameaça ampla e permanente de um terrorismo doméstico multidimensional e multigeracional, que se transforme em uma circunstância permanente da vida americana", declarou a fonte à imprensa.

O governo Trump quer assegurar que as pessoas que desejam entrar nos Estados Unidos "não têm o ódio, a violência, o extremismo", completou, antes de destacar a necessidade de revisar os procedimentos de comprovação dos candidatos à imigração.

Paris, Bruxelas e Berlim foram alvos nos últimos dois anos de uma série de atentados, a maioria reivindicados pelo grupo Estado Islâmico (EI).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos