Bolívia convida México a retornar ao G77 e fortalecer a Celac

La Paz, 31 Jan 2017 (AFP) - O presidente boliviano, Evo Morales, convidou nesta terça-feira o México a retornar ao G77 e a fortalecer a Celac, em meio a uma crise diplomática entre o país e seu vizinho Estados Unidos no governo de Donald Trump.

"Convido o México a retornar ao G77 e juntos fortalecermos a Celac. Unidos seremos a potência que em sua diversidade construirá a solidariedade mundial", afirmou Morales, em sua conta pessoal no Twitter.

"Geograficamente o #México está no norte, mas para os #EUA sempre estará no sul. Nossa família está no sul", lembrou Morales.

O México deixou o G77, grupo do qual foi um dos fundadores, em 1994, após entrar na Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), em 1994, e é parte da Celac, a Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos. O G77 agrupa países em desenvolvimento com objetivos de cooperação.

O embaixador mexicano em La Paz, Héctor Valezzi, agradeceu o apoio boliviano: "Nosso profundo agradecimento às autoridades bolivianas, ao presidente Evo Morales, por suas expressões de solidariedade, de afeto ao meu país", segundo a agência ABI.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos