Rei Mohamed VI na sede da União Africana após 33 anos de ausência do Marrocos

Adis Abeba, 31 Jan 2017 (AFP) - O rei do Marrocos, Mohamed VI, assistia nesta terça-feira em Adis Abeba à cerimônia de encerramento da cúpula da União Africana, um dia após a reintegração do reino no bloco continental após 33 anos de ausência, constatou a AFP.

Na segunda-feira, 39 dos 54 países membros da UE se pronunciaram a favor do retorno do Marrocos.

O país havia abandonado a organização em 1984 para protestar contra a admissão da República Árabe Saaraui Democrática (RASD) proclamada pela Frente Polisário no Saara Ocidental, um território que Rabat considera seu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos