EUA planejam reforçar sanções contra Irã

Washington, 3 Fev 2017 (AFP) - Os Estados Unidos pretendem reforçar as sanções contra o Irã, na primeira evidência concreta do endurecimento do governo de Donald Trump em relação a Teerã - informou à AFP uma fonte próxima à AFP

As autoridades do país devem anunciar novas sanções, depois que o conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Mike Flynn, ter afirmado que "advertiu oficialmente o Irã" sobre seus testes de mísseis e o apoio a rebeldes no Iêmen.

Segundo o canal CNN, as sanções poderão ser impostas a indivíduos, ou organismos, vinculados ao programa balístico do Irã.

As novas sanções colocam em risco o acordo alcançado entre seis potências ocidentais e o Irãen julho de 2015 para que o país suspenda seu programa nuclear em troca do alívio dessas medidas.

As novas medidas pretendem reforçar aquelas tomadas pelo governo anterior de Barack Obama, que se concentraram em companhias e no comando de mísseis da Guarda Revolucionária.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos