Papa elogia esforços da Colômbia pela paz e pede resistência à vingança

Cidade do Vaticano, 3 Fev 2017 (AFP) - O papa Francisco elogiou nesta sexta-feira (03) "os esforços realizados na Colômbia para construir pontes de paz e reconciliação", e pediu às vítimas de violência para "resistir à tentação de retaliação".

Em uma mensagem enviada aos participantes da 16ª Cúpula Mundial de Prêmios Nobel da Paz, o pontífice argentino desejou que o processo de paz na Colômbia, que pôs fim a mais de 50 anos de conflito, inspire a outros povos e comunidades. A cerimônia acontecerá pela primeira vez na América Latina, mais especificamente na cidade de Bogotá, capital colombiana.

"Que os esforços realizados na Colômbia para construir pontes de paz e reconciliação possam inspirar a todas as comunidades a superar as hostilidades e as divisões", ressalta a mensagem enviada em nome do papa Francisco à Cúpula pelo seu Secretário de Estado, o cardeal Pietro Parolin, e divulgada pela Rádio do Vaticano.

"Que as vítimas de violência sejam capazes de resistir à tentação de retaliação e convertam-se em agentes da paz", destacou o chefe da igreja católica em texto dirigido aos 14 vencedores do Nobel da paz, assim como às 14 organizações ganhadoras do Nobel presentes.

Francisco requisitou também em sua mensagem que a "não violência" se transforme "no estilo característico de nossas decisões, relações, ações, e da política em todas as suas formas".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos