Casa Branca promete lutar contra sentença federal que suspende decreto migratório

Washington, 4 Fev 2017 (AFP) - A Casa Branca prometeu nesta sexta-feira lutar contra a sentença de um juiz federal que ordenou a suspensão temporária, em nível nacional, da polêmica ordem executiva do presidente Donald Trump que proíbe a entrada de refugiados e cidadãos de sete países muçulmanos.

O comunicado original do secretário de imprensa, Sean Spicer, classifica a sentença de "escandalosa", trecho que foi removido da versão atualizada do texto.

Segundo Spicer, o decreto de Trump era "legal e apropriado (...) A ordem do presidente busca proteger a pátria e tem a autoridade constitucional e responsabilidade de proteger o povo americano.".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos