Turquia prende cerca de 400 suspostos membros do EI (imprensa)

Istambul, 5 Fev 2017 (AFP) - A polícia turca prendeu neste domingo cerca de 400 supostos membros do grupo jihadista Estado Islâmico (EI), entre eles estrangeiros, durante uma operação em todo o país, anunciaram as agências de notícias locais Anadolu e Dogan.

A operação acontece pouco mais de um mês depois de um ataque a uma boate de Istambul, que deixou 39 mortos na noite de 31 de dezembro e cuja autoria foi reivindicada pelo EI.

Cerca de 150 suspeitos foram detidos em Sanliurfa (sudeste); 60, em Ancara; e dezenas mais em outras províncias, segundo as fontes. Entre os presos em Ancara há estrangeiros.

Na habitualmente tranquila cidade de Izmir, foram detidas nove pessoas suspeitas de viajar até a Síria e a partir daquele país e planejar atentados, informou a Anadolu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos