Extremistas do EI sitiados em último bastião de Aleppo

Beirute, 6 Fev 2017 (AFP) - O grupo Estado Islâmico estava "totalmente sitiado" em Al Bab, depois que as forças do regime sírio bloquearam a estrada que leva a este último reduto dos extremistas na província de Aleppo, indicou nesta segunda-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

"Al Bab se encontra totalmente sitiada pelo regime pelo sul, e pelas forças turcas e rebeldes pelo leste, norte e oeste", afirmou o OSDH.

Seu diretor, Rami Abdel Rahman, disse à AFP que as forças pró-governamentais haviam bloqueado a estrada entre esta cidade e Raqa, capital de fato dos extremistas na Síria.

As forças de Damasco contavam com o apoio de combatentes do movimento islamita xiita Hezbollah e da artilharia russa, indicou o Observatório, baseado no Reino Unido, que conta com uma ampla rede de fontes em terra.

A localidade de Al Bab, situada 25 quilômetros ao sul da fronteira turca, é considerada um troféu por quase todos os grupos neste complexo conflito.

O regime do presidente sírio, Bashar al-Assad, voltou a colocar o foco no EI depois de recuperar totalmente a cidade de Aleppo em dezembro, no pior golpe infligido aos rebeldes desde o início da guerra, em 2011.

O conflito deixou em quase seis anos mais de 310.000 mortos e milhões de deslocados.

Segundo a ONG, durante o fim de semana as forças de Assad também seguiram combatendo o EI na província central de Homs, tomaram o controle do campo petrolífero de Hayyan, a oeste de Palmira, e lutavam contra os extremistas nos arredores do aeroporto militar de Al Seen, no nordeste de Aleppo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos