Jovem que matou turista americana em Londres se declara culpado

Londres, 6 Fev 2017 (AFP) - Um jovem de 19 anos se declarou culpado nesta segunda-feira da morte de uma turista americana no centro de Londres, em um ataque indiscriminado com uma faca que deixou outros cinco feridos.

O ataque aconteceu em agosto de 2016 na Russell Square, uma das cenas dos ataques contra os transportes públicos em julho de 2007.

Inicialmente acreditou-se que os casos poderiam estar ligados, hipótese descartada após a identificação do autor do ataque, Zakaria Bulhan, com um histórico de violência ligada a uma doença mental.

Bulhan, que matou a turista americana Darlene Horton, uma professora aposentada de 64 anos, se declarou culpado de homicídio com responsabilidade diminuída, não de assassinato, nem aceitou as acusações por esfaquear cinco pessoas, embora tenha admitido os fatos.

O réu é um cidadão norueguês de origem somali que se mudou para o Reino Unido em 2002. Ele afirmou ao tribunal que sofreu um episódio de esquizofrenia paranoide quando cometeu o ataque.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos