Saudita tenta atear fogo em si mesmo perto de local santo em Meca

Meca, Arábia Saudita, 7 Fev 2017 (AFP) - Um saudita tentou atear fogo ao próprio corpo perto da Kaaba, um lugar santo dos muçulmanos em Meca, informaram nesta terça-feira as autoridades, que suspeitam que se trata de uma pessoa com transtornos mentais.

Uma testemunha afirma, no entanto, que o indivíduo quis incendiar o manto que cobre este monumento em forma de cubo.

O incidente ocorreu na segunda-feira antes da meia-noite, declarou um porta-voz da polícia encarregada da proteção da Grande Mesquita de Meca.

O porta-voz disse que o homem, de cerca de 40 anos, jogou gasolina no próprio corpo antes de tentar atear fogo em suas roupas. Os agentes encarregados da proteção do local conseguiram impedi-lo e detê-lo.

"Seus atos levam a suspeitar que se trata de um desequilibrado mental", afirmou o porta-voz.

A página de informação digital Sabq, próxima às autoridades, deu outra versão do incidente. Segundo ela, o homem tentou incendiar o tecido que cobre a Kaaba, no centro da Grande Mesquita de Meca.

Uma testemunha, o saudita Ghazi Darwiche, declarou à Sabq ter visto um indivíduo lançar combustível no tecido que cobre a Kaaba, enquanto proferia lemas "takfiris", próprios dos extremistas.

Este tecido de seda bordado de ouro chamado de "manto" é substituído todos os anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos