UE prolonga até maio o controle das fronteiras internas

Bruxelas, 7 Fev 2017 (AFP) - A União Europeia (UE) aprovou nesta terça-feira a prorrogação por três meses do controle de algumas fronteiras internas do espaço de livre circulação europeu Schengen, adotado em 2015 em plena crise migratória.

O Conselho da UE, que representa 28 países do bloco, aprovou a proposta de janeiro da Comissão Europeia de prolongar os controles de fronteira temporários até maio, apesar do objetivo inicial de suspender a medida no fim de 2016.

Apenas 22 países dos 28 do bloco integram o espaço de livre circulação Schengen, ao qual também pertencem Noruega, Islândia, Suíça e Liechtenstein.

Áustria, Alemanha, Dinamarca, Suécia e Noruega ainda mantêm os controles de fronteira.

Em janeiro, o Executivo comunitário advertiu que as medidas excepcionais não poderiam ser prorrogadas para sempre, já que exigem "condições estritas e apenas como último recurso".

A Alemanha já anunciou a intenção de justificar no futuro os controles pelo temor de atentados, como a França faz, e não por motivos migratórios.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos