Expedição que recria histórica epopeia que libertou o Chile cruza os Andes

Mendoza, Argentina, 8 Fev 2017 (AFP) - Cerca de 600 militares argentinos e chilenos atravessaram a cordilheira dos Andes, recriando uma das grandes gestas da sua história, que há 200 anos libertou o Chile e o Peru do domínio espanhol.

Bandeiras da Argentina e do Chile ondeavam à frente das colunas de homens à cavalo, que avançaram por um cenário natural majestoso, por caminhos de pedra e terra, entre montanhas de cumes nevados, na recriação da expedição.

"Nas escolas militares do mundo se estuda a travessia dos Andes como uma das maiores façanhas históricas", disse à radio del Plata o historiador argentino Felipe Pigna, em 24 de janeiro, quando a expedição partiu de Mendoza, 1.000 km ao oeste de Buenos Aires.

A expedição será concluída em 12 de fevereiro na localidade de Colina, ao norte de Santiago.

A presidente chilena, Michelle Bachelet, comparecerá nesse dia a um ato no lugar onde foi travada a batalha de Chacabuco, na qual as forças coloniais do governador espanhol Francisco Marcó del Pont foram derrotadas.

A força libertadora comandada pelo general argentino José de San Martín contava com 5.500 soldados. A travessia de homens e armas daquela gesta de 1817, que se prolongou durante 20 dias, foi realizada em condições extremas, no lombo de 10.000 mulas e 1.600 cavalos.

O general patriota chileno Bernardo O'Higgins se uniu às tropas de San Martín e teve um papel crucial nos combates libertadores.

Em Chacabuco, as tropas da coroa espanhola perderam 450 homens, e outros 600 foram presos, entre eles 30 oficiais. As de San Martín e O'Higgins perderam 12 homens, e 120 ficaram feridos.

Outra batalha vitoriosa dos patriotas foi a de Maipú, que consagrou a emancipação chilena. San Martín organizou no Chile a esquadra expedicionária que três anos depois atacou o baluarte continental realista em Lima e declarou a independência do Peru.

A cordilheira dos Andes é a fronteira natural entre Argentina e Chile.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos