Primeiro-ministro do Japão quer construir relação de 'confiança' com Trump

Washington, 10 Fev 2017 (AFP) - O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, declarou nesta sexta-feira que pretende construir uma "relação de confiança" com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e salientou que as relações econômicas e comerciais são favoráveis para ambos.

Com relações balançadas entre os dois países desde a rejeição de Trump ao acordo de comércio transpacífico, as críticas do presidente e do tratamento a aliados próximos, Abe afirmou que a reunião desta sexta-feira era "oportuna".

"Quero construir uma relação de confiança ao nível da liderança com a minha visita aos Estados Unidos, e mostrar ao nosso povo e ao mundo a forte aliança entre o Japão e os Estados Unidos", declarou Abe.

O primeiro-ministro iniciou a sua visita de dois dias aos Estados Unidos, reunindo-se com empresários.

A maioria dos carros de baixo custo vendidos pela Toyota e Honda são "produzidos nos Estados Unidos por trabalhadores americanos", disse Abe, notando que os investimentos por parte das empresas japonesas no país totalizavam 411 bilhões de dólares, gerando 840.000 empregos.

"No Japão, ninguém reclama que o seu trabalho foi roubado pelos americanos, porque os japoneses também ganham no negócio".

Este comentário parece referir-se aos ataques frequentes de Trump às empresas americanas que transferem suas operações para outros países.

Abe se reunirá com Trump em Washington e na Flórida, onde os dois líderes devem jogar uma partida de golfe em um resort de propriedade do presidente dos Estados Unidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos