Trump defende comércio justo, livre e recíproco com Japão

Washington, 10 Fev 2017 (AFP) - Os governos de Estados Unidos e Japão reforçaram nesta sexta-feira (10) suas "inabaláveis" relações bilaterais, buscando redefinir sua troca comercial, mas também fizeram uma clara advertência à China.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebeu hoje na Casa Branca o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, e logo embarcaram no Air Force One para passar o sábado (11) jogando golfe no resort do mandatário na Flórida.

Ao fim da reunião no Salão Oval, Trump disse que os dois países buscarão "uma relação comercial que seja livre, justa e recíproca".

Abe chegou a Washington para melhorar as relações bilaterais, que ficaram tensas diante da decisão de Trump de retirar os Estados Unidos da Parceria Transpacífico (TPP, na sigla em inglês).

Também contribuíram para dificultar as relações as críticas feitas por Trump às empresas de automóveis, incluindo as japonesas, por instalarem montadoras fora dos Estados Unidos para destinar sua produção ao mercado americano.

"Desejo firmemente construir uma relação de confiança com minha visita aos Estados Unidos e mostrar para nosso povo e para o mundo a firme aliança entre Japão e Estados Unidos", expressou Abe na noite de quinta-feira (9).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos