Hamas elege representante da linha dura como chefe em Gaza

Gaza, Territórios palestinos, 13 Fev 2017 (AFP) - O Hamas elegeu nesta segunda-feira como chefe na Faixa de Gaza Yahya Sinwar, um dos fundadores do braço armado do movimento islamita e considerado "terrorista" pelos Estados Unidos, indicaram líderes do Hamas.

O movimento, que governa a Faixa de Gaza há dez anos, realiza há vários meses um processo de eleições internas.

Yahya Sinwar "foi eleito chefe do conselho político do Hamas na Faixa de Gaza" sucedendo Ismail Haniyeh, declarou um dos responsáveis do movimento, que não quis revelar sua identidade.

Segundo vários observadores, Haniyeh é o sucessor mais provável do atual dirigente do movimento islamita, Khaled Mechaal, exilado no Catar.

Em setembro de 2015, os Estados Unidos incluíram em sua lista de terroristas Yahya Sinwar, nascido em 1962 no campo de refugiados de Khan Yunes, na Faixa de Gaza.

Outros dirigentes do Hamas e de seu braço armado, Ezedin al-Qasam, também estão nesta lista.

Sinwar, detido por Israel em 1988 por "atividade terrorista", foi condenado a quatro penas de prisão perpétua, antes de ser libertado em outubro de 2011 no âmbito de um acordo de troca de mil presos palestinos pela libertação do soldado franco-israelense Gilad Shalit, que ficou detido por cinco anos pelo Hamas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Assine e receba em seu e-mail em dois boletins diários, as principais notícias do dia

UOL Cursos Online

Todos os cursos