Perigo de transbordamento de represa força retirada em massa na Califórnia

San Francisco, 13 Fev 2017 (AFP) - Cerca de 180.000 pessoas foram ordenadas a deixar suas casas ante o perigo de transbordamento de uma represa no norte da Califórnia, nos Estados Unidos.

A reserva da represa de Oroville, 75 km ao norte de Sacramento, a capital da Califórnia, se encontra muito cheia depois de várias semanas de fortes chuvas.

O dique de 235 metros não corre em si o risco de romper, segundo as autoridades, mas um transbordamento causa grande preocupação devido à erosão da borda de concreto, assinalou o jornal Sacramento Bee.

As autoridades estão liberando 2.830 metros cúbicos de água por segundo através do reservatório principal, conseguindo, no domingo, uma diminuição da reserva até um nível que não provoca fluxo para o reservatório auxiliar danificado, informou o porta-voz do departamento de Recursos Aquáticos, Doug Carlson, citado pelo jornal.

As 180.000 pessoas que vivem em bairros vizinhos receberam a ordem de deixar suas casas no domingo.

"Sim, foi emitida uma ordem de evacuação", indicou o centro de emergências do condado de Yuba em seu Facebook.

"Todo o condado de Yuba na zona do vale. O reservatório auxiliar está prestes a falhar... Peguem apenas as rotas para o leste, sul ou oeste. NÃO VIAJEM PARA O NORTE RUMO A OROVILLE!!!!!", afirma o post.

O governador da Califórnia, Jerry Brown, emitiu uma ordem de emergência para mobilizar recursos para a zona afetada.

"Estive em contato com o pessoal de emergência que cuida da situação em Oroville (...) Está claro que as circunstâncias são complexas e que mudam rapidamente", afirmou em um comunicado.

"O Estado está dirigindo todo o pessoal e os recursos necessários para conduzir esta situação muito séria", acrescentou.

Apesar de não haver risco imediato, a ordem de evacuação continua vigente, enquanto as autoridades avaliam a solidez do desague principal, paralelo ao auxiliar, que também sofreu danos devido ao grande volume de água.

"Agora que não há mais água vazando do desague auxiliar, apesar de isso estabilizar a situação, restam muitas incógnitas", declarou o xerife do condado de Butte, Kory Honea, durante uma coletiva de imprensa no domingo.

"Ainda não estamos em condições de tomar decisões para saber se é seguro ou não autorizar o regresso das pessoas à zona", acrescentou.

Imagens feitas de um helicóptero da estação KCRA mostrou a água vazando do reservatório auxiliar, que é paralelo ao principal.

A água flui através de um duto para o reservatório secundário, que também estava muito cheio, antes de ser drenado para o Feather River, que atravessa Oroville, uma cidade de cerca de 20.000 pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos