Vargas Llosa pede solidariedade ao mundo hispânico ante ofensas de Trump

Madri, 13 Fev 2017 (AFP) - Prêmio Nobel de Literatura, o escritor peruano Mario Vargas Llosa pediu nesta segunda-feira ao mundo hispanofalante solidariedade com os latinos nos Estados Unidos e com países, como o México, alvos de ofensas de parte do presidente americano, Donald Trump.

"Todas as comunidades hispanofalantes deveriam se mobilizar em solidariedade não apenas a eles (os latinos), mas a países que têm sido claramente ofendidos pelo novo presidente norte-americano, como o México", disse Vargas Llosa a jornalistas em Madri.

O escritor afirmou que após a chegada de Trump ao poder, em janeiro, a comunidade hispanofalante dos Estados Unidos se encontra em uma "situação difícil".

Segundo ele, o idioma espanhol também corre riscos nos Estados Unidos, "onde lançou raízes muito profundas e há pelo menos 50 milhões de hispanofalantes que não querem e renunciar ao seu idioma, enquanto adotam o inglês", destacou o escritor, que no passado tachou Trump de "palhaço" e demagogo".

Desde que chegou à Casa Branca, em Janeiro, Trump anunciou medidas de linha dura contra os imigrantes ilegais - a maioria latinos - e a construção de um muro na fronteira com o México. Durante a campanha, ele investiu contra seu adversário republicano, Jeb Bush, por falar espanhol em um comício.

O site oficial da Casa Branca continua sem exibir sua página em espanhol, suprimida após a posse de Trump, embora a Presidência já use a conta espanhola no Twitter.

"Os estados que representam essa enorme comunidade de sociedades que falam espanhol deveriam se mobilizar quando um perigo, como clarissimamente está acontecendo nestes dias, ameaça a nossa língua", ressaltou Vargas Llosa.

"Felizmente, os idiomas se defendem sozinhos, mas é muito bom que recebam em determinado momento apoio porque isso lhes dá maior fortaleza, solidez e garante sua expansão", acrescentou o escritor.

Vargas Llosa fez estas declarações no encerramento da apresentação do relatório "Valor econômico do espanhol", da Fundação Telefónica, que exige dos países hispano-americanos fazerem da promoção do espanhol uma política de Estado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos