Apreendidas no Paraguai 30 toneladas de cédulas venezuelanas

Asunción, 14 Fev 2017 (AFP) - Umas 30 toneladas de cédulas venezuelanas, de 50 e 100 bolívares, foram apreendidas pela polícia do Paraguai em uma residência de Salto del Guairá, 500 km a nordeste de Assunção, durante uma batida, informaram fontes judiciais nesta terça-feira.

"As notas foram levadas à sede do Departamento de Delitos Econômicos de Ciudad del Este, onde está sendo realizada sua contagem para determinar a quantia exata", informou a jornalistas o promotor encarregado do caso, Julio César Yegros.

O dono da residência, identificado como Leandro da Costa, foi detido para ser interrogado por suposta lavagem de dinheiro e associação para o crime.

O representante do Ministério Público informou que são investigados sócios de Costa, um comerciante da cidade na fronteira com o Brasil.

O processo foi acompanhado por agentes antidrogas (DEA) dos Estados Unidos, informaram à AFP fontes policiais em Salto del Guairá.

"É impossível que o detido tenha agido sozinho", afirmou o promotor.

Costa tem uma loja de venda de armas e artigos de caça e pesca, e é casado com uma líder política do partido Colorado (governo), vereadora local.

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, retirou de circulação em dezembro a nota de 100 bolívares, ao denunciar que máfias que operam nas fronteiras com a Colômbia e o Brasil tiraram do país esse papel moeda para deixá-lo sem dinheiro e desestabilizar a economia venezuelana.

As notas de valor menor, entre elas a de 50 bolívares, também tinham que ser trocadas e depois da data estabelecida, perderiam seu valor.

O promotor paraguaio informou nesta terça-feira supor que as notas entraram por via terrestre, procedentes do Brasil e segundo detalhes da polícia, a carga veio de Caracas, supostamente para ser trocada por dólares na Bolívia antes de devolvê-la à Venezuela.

Porta-vozes do Departamento de Investigações da Polícia de Ciudad del Este revelaram que o responsável pela carga tentava negociar as notas quando foi surpreendido pelos agentes que o prenderam.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos