Atentado suicida do EI deixa três mortos no Iêmen

Áden, Iêmen, 14 Fev 2017 (AFP) - Três pessoas morreram, e oito ficaram feridas, nesta terça-feira (14), em um atentado suicida com carro-bomba em uma cidade controlada pelos rebeldes xiitas huthis, no centro do Iêmen - informou uma autoridade local.

O Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do ataque em um comunicado, no qual explicou que a ação era contra um grupo de rebeldes huthis em um clube, relatou o centro americano de monitoramento de sites extremistas SITE.

O grupo sunita radical já reivindicou a execução de vários atentados contra os huthis, considerados hereges pelos xiitas.

O atentado desta terça atingiu um clube esportivo da cidade de Radaa, na província de Al-Bayda (centro), indicou a mesma fonte consultada pela AFP.

Segundo uma autoridade de segurança, combatentes huthis abriram fogo contra um carro-bomba antes de alcançar o clube, provocando sua explosão. Uma escola também foi atingida pela deflagração, acrescentou.

O Iêmen está no meio de uma guerra entre as forças pró-governo e os huthis, apoiados pelo Irã e que controlam grandes áreas do território - entre elas, a capital Sanaa.

Tanto a Al-Qaeda na Península Arábica (Aqpa) - filial da Al-Qaeda no Iêmen - quanto o EI aproveitaram a guerra e o caos para reforçar seu predomínio, sobretudo, no sul e no sudeste do Iêmen.

Desde a intervenção da coalizão árabe em março de 2015 para ajudar o governo a conter o avanço rebelde, mais de 7.400 pessoas morreram, e mais de 40.000 ficaram feridas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos