China defenderá multilateralismo no G20 em Bonn

Pequim, 14 Fev 2017 (AFP) - O ministro das Relações Exteriores chinês, Wang Yi, defenderá o multilateralismo na reunião ministerial do G20 na quinta e sexta-feira em Bonn (Alemanha), que conta com a participação de seu colega americano, Rex Tillerson, anunciou Pequim nesta terça-feira.

A presença do ministro chinês esteve em xeque devido às disputas entre Pequim e Washington sobre Taiwan, após a eleição de Donald Trump.

Finalmente, Wang comparecerá à reunião do G20 antes de participar no fim de semana em Munique de uma conferência sobre segurança, disse nesta terça-feira Geng Shuang, porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores.

A China espera que a reunião do G20 "envie sinais positivos para apoiar o multilateralismo, melhorar a governança mundial e gerar uma economia mundial inovadora, interconectada, aberta e inclusiva, o que é de grande importância no contexto atual", disse Geng em uma reunião com a imprensa.

Esta é a primeira vez que Wang Yi se encontra com seu novo colega americano, o secretário de Estado Rex Tillerson. As autoridades chinesas se recusam, no entanto, a falar de uma possível reunião bilateral de ambos à margem do G20.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos