Estado Islâmico reivindica atentado que deixou 39 mortos em Bagdá

Bagdá, 16 Fev 2017 (AFP) - O Estado Islâmico reivindicou o atentado com carro-bomba que deixou ao menos 39 mortos em Bagdá, no ataque mais violento na capital no correr do ano.

O primeiro balanço falava de 9 mortos.

O atentado, o terceiro em três dias na capital iraquiana, foi reivindicou pelo grupo extremista, alvo de uma ofensiva das forças iraquianas que tentam expulsá-lo de Mossul, seu último reduto no país.

O ataque ocorreu no bairro de Habibiya, vizinho de Sadr City, ao norte da capital.

Na terça-feira, pelo menos quatro pessoas morreram na explosão de outro carro-bomba no sul de Bagdá, segundo a polícia.

ak-jmm/tp/bpe/erl/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos