EUA não estão no momento prontos para cooperar militarmente com a Rússia

Bruxelas, 16 Fev 2017 (AFP) - Os Estados Unidos vão manter um diálogo político com a Rússia de Vladimir Putin, mas não planejam, neste momento, colaborar com Moscou no plano militar, declarou nesta quinta-feira em Bruxelas o secretário americano da Defesa, James Mattis.

Mattis falou após uma reunião da Otan, durante a qual deu garantias sobre o compromisso americano com a Aliança, dizendo-se impressionado com "a força do elo transatlântico".

Perguntado se era possível, atualmente, ter confiança na Rússia, com a qual a Otan tem relações muito tensas, James Mattis disse: "A questão com a Rússia é que eles devem respeitar o direito internacional, como o esperado de qualquer nação razoável neste planeta".

"Não estamos prontos por ora para colaborar em nível militar, mas nossos líderes políticos conversarão e tentarão encontrar um terreno comum", afirmou o novo chefe do Pentágono.

Trata-se de garantir que a Rússia "respeite os seus compromissos e volte a uma parceria ou uma forma de parceria com a Otan". "A Rússia deve primeiro provar-se digna", continuou James Mattis.

A Otan decidiu reforçar sua presença militar em seu flanco oriental, devido à postura considerada ameaçadora da Rússia desde a anexação da península ucraniana da Crimeia em 2014.

Quatro batalhões multinacionais de mil homens cada estão sendo implantados nos três países bálticos e na Polônia.

Mas no final de janeiro, logo após a posse do presidente Donald Trump, a Casa Branca afirmou estar aberta à ideia de operações militares conjuntas com Moscou contra a organização extremista do Estado Islâmico (EI) na Síria.

"Se existe a possibilidade de lutar contra o Estado Islâmico com qualquer país, seja Rússia ou outro, e que nós compartilhamos um interesse nacional sobre a questão, (então) é claro, que pode acontecer", afirmou, na ocasião, o porta-voz da Casa Branca Sean Spicer.

bur-mad/agr/pjl/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos