Pentágono: Exércitos de EUA e Rússia querem mais comunicação bilateral

Washington, 16 Fev 2017 (AFP) - Os chefes dos Estados-Maiores dos Estados Unidos e da Rússia querem "aumentar as comunicações" entre ambos os Exércitos, conforme anúncio feito ao fim de um encontro nesta quinta-feira (16), em Baku, no Azerbaijão - informou o Pentágono.

O general Joe Dunford e o general Valery Gerasimov "concordaram em aumentar as comunicações" entre ambos os Exércitos para continuar melhorando "a segurança" durante suas respectivas operações, relata o comunicado divulgado pelo Pentágono.

Estados Unidos e Rússia têm uma linha de comunicação militar aberta sobre suas operações aéreas na Síria, para evitar qualquer incidente entre os aviões de ambos os países.

O último encontro cara a cara entre dois oficiais da mais alta patente remonta a janeiro de 2014, entre o antecessor do general Dunford - general Martin Dempsey - e o general Gerasimov.

O encontro de Baku acontece no âmbito dos questionamentos levantados pela evolução das relações russo-americanas, após a eleição do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Trump manifestou sua vontade de reaquecer as relações entre Washington e Moscou, provocando a preocupação de muitas autoridades americanas que consideram a Rússia a principal ameaça para a segurança nacional.

Durante uma reunião de ministros do G20, realizada nesta quinta em Bonn, o secretário de Estado americano, Rex Tillerson, ofereceu à Rússia manter uma cooperação condicionada, pedindo a Moscou que respeite o acordo de paz de Minsk na Ucrânia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos