Trump: 'desonestidade' da imprensa 'está fora de controle'

Washington, 16 Fev 2017 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, atacou a imprensa agressivamente, nesta quinta-feira (16), ao afirmar que a "desonestidade está fora de controle" e que é necessário que o país fale sobre o assunto.

"Temos que falar sobre isso e descobrir o que está acontecendo, porque a imprensa, honestamente, está fora de controle. O nível de desonestidade está fora de controle", disse o presidente durante uma coletiva de imprensa na Casa Branca.

Durante sua campanha eleitoral, Trump começou a fazer referências à "desonestidade" da imprensa. Essa tendência se aprofundou desde sua chegada à Casa Branca e, nesta quinta-feira, explodiu com toda força durante a coletiva de imprensa.

Trump se queixou que os jornais "distorcem" informações sobre seu governo e acrescentou que "não vamos permitir que isso ocorra, porque estou aqui para passar minha mensagem diretamente às pessoas".

O presidente americano lembrou que o conteúdo das conversas que manteve pessoalmente com o presidente do México, Enrique Peña Nieto, e o com primeiro-ministro da Austrália, Malcolm Turnbull, acabou sendo publicada nos principais jornais.

Quando viu na imprensa detalhes de sua conversa com o Peña Nieto, Trump disse que se sentiu "realmente surpreso".

Por isso, acrescentou, questionando: "o que acontecerá quando tiver que negociar com a Coreia do Norte? Vocês vão relatar tudo sobre informações confidenciais?".

Parte importante dos ataques de Trump esteve reservada aos jornais mais importantes do país e à emissora CNN, a qual acusou de propagar "ódio" em sua programação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos