Alemanha: Estados Unidos não deve ameaçar a coesão da UE

Munique, Alemanha, 17 Fev 2017 (AFP) - A ministra alemã da Defesa alertou nesta sexta-feira aos Estados Unidos contra qualquer mensagem que ameace a coesão da União Europeia (UE) e da Otan, e afirmou que a unidade europeia beneficia Washington.

"Nossos amigos americanos sabem que seu tom a respeito da Europa e da Otan tem um efeito direto na coesão da Europa. Uma UE estável interessa aos Estados Unidos, assim como uma Otan unida", declarou Ursula van der Leyen em uma conferência sobre segurança em Munique, sul da Alemanha.

Der Leyen também alertou os Estados Unidos de que não devem tratar do mesmo modo a Rússia e seus aliados ocidentais, referindo-se às declarações do presidente Donald Trump.

"Não pode haver uma política de equidistância com os aliados e aqueles qu questionam nossos valores, nossas fronteiras e o direito internacional. Isso significa que devemos buscar entre todos uma relação de confiança com a Rússia, não atuar de forma bilateral, passando por cima dos sócios".

A ministra alemã da Defesa igualmente pediu aos países ocidentais, em particular aos Estados Unidos, que não façam da luta contra o terrorismo uma guerra contra o Islã, aparentemente aludindo ao controvertido decreto migratório do presidente americano.

"Devemos evitar transformar tudo isso em uma frente comum contra o Islã e os muçulmanos. Senão, corremos o risco de aprofundar ainda mais as brechas, que são o caldo de cultivo da violência e do terrorismo", afirmou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos