Mercosul e EFTA iniciarão negociações comerciais em junho na Argentina

Bruxelas, 17 Fev 2017 (AFP) - A primeira rodada de negociações formais entre o Mercosul e os países europeus da EFTA acontecerá em junho em Buenos Aires, indicaram nesta sexta-feira à AFP fontes os dois blocos, após reunião em Bruxelas.

"Buenos Aires acolherá a primeira rodada [de negociação] em junho", afirmou um porta-voz da Associação Europeia de Livre Comércio, bloco conhecido também como EFTA, que classificou o encontro celebrado na capital belga como "muito bom" e um "passo positivo".

Uma fonte do Mercosul informou por sua vez que essa primeira rodada "formal" será celebrada entre chefes de negociadores.

O encontro em Bruxelas, onde foi estabelecido "o marco das negociações", foi presidido pelo argentino Guillermo Daniel Raimondi em nome do Mercosul (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai) e pelo norueguês Sveinung Roren, em representação do bloco europeu, informou comunicado da EFTA.

A segunda rodada terá lugar em agosto, acrescentou que o bloco europeu, que também tem reúne Islândia, Liechstenstein, Noruega e Suíça, países que não fazem parte da União Europeia.

"Foi lembrado o intercâmbio da informação necessária" para o início das negociações formais em Buenos Aires, como "nomenclatura, estatística ou legislação sobre política comercial", explicou a fonte.

Os dois blocos concordaram no Fórum Econômico Mundial de Davos que começariam a negociar um acordo de livre-comércio, após um período de encontros exploratórios desde 2015.

Neste mesmo ano, o comércio entre os dois blocos superou os 8,7 bilhões de dólares, segundo o EFTA. O bloco europeu exportou entre outros produtos farmacêuticos (1,4 bilhão de dólares), químicos orgânicos (764 milhões) e material para maquinaria (462 milhões).

Por outro lado, importou dos países do Mercosul pedras preciosas e metais (1,9 bilhão de dólares), químicos inorgânicos (859 milhões de dólares), alimentos (US$ 357 milhões) assim como café, chá e especiarias (US$ 259 milhões).

A fonte do Mercosul disse que a negociação comercial com o bloco europeu é vista "com otimismo, como parte da abertura del Mercosul".

"O objetivo dessa interseção era preparar o trabalho para a rodada" de negociação prevista em março em Buenos Aires, apontou essa fonte.

Uma fonte da Comissão Europeia afirmou que os negociadores de ambos os lados do Atlântico "concordaram em intensificar o trabalho técnico" para a rodada de negociação da capital argentina.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos