Seções fecham no Equador em dia de eleição presidencial

Quito, 19 Fev 2017 (AFP) - Dezenas de milhares de urnas fecharam às 17H00 locais (19H00 de Brasília) de domingo, após receber durante dez horas os votos para eleger o sucessor do presidente socialista Rafael Correa.

Cerca de 12,8 milhões de equatorianos foram convocados para eleger também o vice-presidente, 135 deputados e cinco membros do Parlamento andino.

O candidato governista de esquerda Lenin Moreno lidera a votação, segundo pesquisas de boca de urna, que atribuem a ele entre 36% e 43% dos votos.

Para vencer no primeiro turno, Moreno requer 40% dos votos válidos e uma diferença de dez pontos sobre o segundo colocado, que segundo as pesquisas é o ex-banqueiro de direita e opositor Guillermo Lasso, com 26% e 31%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos