Malásia: duas mulheres são indiciadas por morte do meio-irmão de Kim Jong-un

Kuala Lumpur, 1 Mar 2017 (AFP) - Duas mulheres foram denunciadas nesta quarta-feira (1º) à Justiça malaia, pelo assassinato em Kuala Lumpur de Kim Jong-Nam, meio-irmão do presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-un.

A indonésia Siti Aisyah, de 25, e a vietnamita Doan Thi Huong, de 28, foram denunciadas pelo homicídio de Jong-Nam, em 13 de fevereiro passado, no aeroporto de Kuala Lumpur, vítima de um poderoso agente neurotóxico.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos