Suprema Corte americana dá razão para democratas sobre diluição de voto negro

Washington, 1 Mar 2017 (AFP) - A Suprema Corte dos Estados Unidos deu um parecer favorável para os democratas nesta quarta-feira, após denunciarem o redesenho de algumas circunscrições eleitorais para "diluir" o voto dos eleitores negros.

As autoridades consideraram inaceitáveis os argumentos de um tribunal da Virgínia que havia validado quase a totalidade de um novo mapa, muito polêmico, das circunscrições eleitorais deste estado republicano.

Os oito juízes do mais alto tribunal dos Estados Unidos anularam parcialmente o julgamento em primeira instância e exigiram ao tribunal que reconsidere o caso levando em conta sua interpretação do marco constitucional da representação de minorias.

Os legisladores da Virgínia, estado com grande comunidade negra, são acusados de terem redesenhado algumas circunscrições para concentrar os negros nelas, enquanto diminuíam sua influência em outras.

Por trás desta distribuição étnica se esconderia um cálculo político, já que os negros costumam votar pelos democratas, enquanto os brancos estão mais inclinados a votar pelos republicanos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos