Universidade em Montreal recebe ameaça de bomba por presença de muçulmanos

Montreal, 1 Mar 2017 (AFP) - A Polícia de Montreal abriu uma investigação nesta quarta-feira por uma ameaça de bomba que obrigou a evacuação de cerca de 4.000 estudantes da Universidade Concórdia, no centro da cidade.

Um grupo que se apresentou como o "Conselho de cidadãos conservadores do Canadá" enviou um e-mail à universidade e à imprensa local ameaçando explodir "pequenos artefatos artesanais" na instituição, em sinal de protesto contra a presença de estudantes muçulmanos.

"Agora que o presidente Trump está tomando conta ao sul da fronteira, as coisas mudaram", escreveu o grupo no e-mail de ameaças que a AFP teve acesso.

A Polícia de Montreal está realizando "verificações no e-mail ameaçador", disse um investigador.

No início de fevereiro uma mesquita de Montreal foi vandalizada horas antes de responsáveis políticos e milhares de canadenses pedirem a unidade do Canadá contra a intolerância, durante os funerais de muçulmanos assassinados na província francesa de Quebec.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos