Eurodeputados querem impor vistos aos americanos

Bruxelas, 2 Mar 2017 (AFP) - O Parlamento Europeu pediu nesta quinta-feira à Comissão Europeia o fim da isenção de vistos aos americanos para entrar na União Europeia (UE), pela recusa de Washington de aplicar reciprocidade de isenção aos cidadãos de cinco países europeus.

"A Comissão Europeia está legalmente obrigada a tomar medidas para reintroduzir temporariamente uma obrigatoriedade de visto para os cidadãos dos Estados Unidos, já que Washington se recusa a dar acesso a seu território sem visto aos cidadãos de cinco países da UE", afirma o Parlamento em um comunicado.

A maioria dos eurodeputados aprovou nesta quinta-feira, em uma votação com mão para o alto, uma resolução não vinculante neste sentido, que pede uma ação da Comissão dentro de dois meses.

A votação acontece no momento que a relação entre Bruxelas e Washington é marcada pela desconfiança, iniciada com a eleição do presidente americano Donald Trump, que em várias ocasiões criticou a UE e celebrou o Brexit.

Os cidadãos de cinco dos 28 países da UE, Bulgária, Croácia, Chipre, Polônia e Romênia, precisam de visto para entrar nos Estados Unidos.

A Comissão Europeia, que não exige visto aos americanos que entram na UE por menos de três meses, pede desde 2014 que Washington aplique reciprocidade de isenção para beneficiar os mais de 500 milhões de cidadãos europeus.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos